Quantas vezes você já foi ao teatro?

Talvez você nunca tenha pensado sobre isso, provavelmente porque ninguém tinha perguntado antes. Mas coloca aí os botões pra funcionar: quantas vezes na sua vida você já foi a um teatro?

Para o brasileiro tradicional, a resposta desse pergunta poderia passar entre o ‘poucas’ e ‘nenhuma’. Agora, deixa eu fazer outra pergunta: quantas vezes você já foi ao cinema? Provavelmente você não vai saber um número exato, porque já foi ao cinema tantas vezes que já perdeu a conta. A não ser que você faça parte do clube de colecionadores de ingressos de cinema – sim, eu já fui uma dessas – e sabe que assistiu exatamente 352 filmes nas telonas.

Eu mesma fui pouquíssimas vezes ao teatro. Poderia contar nos dedos da mão: uma peça aqui, outra acolá, umas 3 vezes fui para assistir uma amiga no palco, um standup comedy e… no máximo 10 vezes. NA VIDA. Não me gabo disso, obviamente. Gostaria de ir a mais teatros. Mas são poucos espetáculos, pois também são poucos os teatros da cidade. E olha que eu não estou falando de Mandioquinha do Norte, cidade com mil habitantes. Estou falando de Sâo José dos Campos, tecnopólo do Estado de São Paulo, sede do maior complexo aeroespacial da América Lat(r)ina, 7ª maior cidade do Estado de São Paulo, 30ª maior do país e 3ª maior cidade do interior do Brasil, atrás apenas de Guarulhos e Campinas.

Nascida, criada e não querendo ir embora da cidade, sei que existem por aqui umas 5 salas de teatro. Quem for da região pode conferir comigo: teatro municipal, no shopping do centro, Teatro Univap, Teatro Colinas (um dos mais recentes), o Cine Santana talvez tenha algum espaço e só. Lógico, o SESC realiza apresentações em diversos locais, muitas vezes pouco apropriados, mas naquela história de ‘quem não tem cão caça com gato’, a cultura (e o teatro) vai se instalando onde pode.

Por isso que achei interessante o lançamento da campanha “Mais Teatro Brasil“, que tem o intuito de juntar o maior número de assinaturas possível para dar entrada em um projeto de lei de iniciativa popular para que seja obrigatória a construção de um ‘centro popular de cultura’ em todo município com mais de 25 mil habitantes. O que a campanha define como ‘Centro Popular de Cultura é “um espaço multicultural e funcional que, além de um teatro de qualidade – que é o núcleo fundamental do Projeto –, privilegia também as mais diversas formas de manifestações artístico-culturais, como: salas de cinema, biblioteca, salas de exposições, salas para eventos e palestras, espaços para cursos e oficinas de teatro, artesanato, artes plásticas, pintura, música, dança, entre outras formas de expressões artísticas.

Os centros também pretendem contar com “espaço multimídia – telecentro com computadores conectados à internet, para fomentar a inclusão digital nesses municípios e, ainda, espaços destinados ao comércio, com lojas, praça de alimentação e outros espaços comerciais.

Ou seja, nada mal a intenção da campanha, né? Muito melhor do que ver shoppings da cidade lotados com uma garotada que não tem pra onde ir MESMO – coisa muito comum aqui em São José e provavelmente comum também em outros centros urbanos, já que chega sexta à noite e a molecada não pode ir pra bar, não quer ficar no condominio, não ‘pode’ ficar em praças por causa da (falta de) segurança e acaba lotando os shoppings, dando muito trabalho à segurança do local e não acrescentando em NADA a vida desses jovens.

Eu fico aqui delirando, imaginando que talvez locais como esses pudessem se tornar um novo ponto de encontro para a garotada, que ia ter internet, cinema, teatro, atividades culturais e McDonalds tudo em um mesmo lugar. Uma opção muito melhor para os pais do que deixar os filhos no shopping, não?

Tudo isso pode ser um grande delírio da minha cabeça, ou não. Se você, assim como eu, acredita que às vezes dá pra ajudar a tornar algumas coisas uma realidade futura, vale a pena contribuir para levar a idéia pra frente. É coisa rápida, menos de 2 minutinhos e você já fez a sua parte. Uma das coisas boas da internerds é facilitar que um número grande de pessoas  conheça a campanha e ajude. E pra vc que acha que internet é reino de revolução de sofá, saiba que o ‘sofá + internet’ acaba possibilitando que muito mais coisas cheguem próximas do real do que a sua falação de blablabla whiscas sachê.

Se você já contribuiu com a sua assinatura, que tal repassar a mensagem, retuitar e fazer com que cada vez mais gente dê apoio ao projeto? Eu já fiz minha parte. E você?

* A campanha ‘mais teatro brasil ‘ é uma iniciativa super louvável da empresa Cennarium, que transmite espetáculos teatrais pela internet. Quem quiser saber mais detalhes e informações pode acessar o site maisteatrobrasil.com.br *

| Essa postagem faz parte da Blogagem Coletiva da campanha Mais Teatro Brasil, da qual participo por convite de Alessandro Martins, do Livros e Afins. |

Anúncios

3 opiniões sobre “Quantas vezes você já foi ao teatro?

  1. Campinas, que ainda é um pouquinho maior do que São José, consegue ter menos teatros (se contarmos, obviamente, os que são de fato utilizáveis)…

  2. Pingback: Dou a maior força… porém… « Dois Espressos

Os comentários estão desativados.