Curitibocas, veja Curitiba por um outro ângulo

Costumamos conhecer as cidades por seus atributos físicos, como obras de arte, arquitetura, organização, mas todos sabem que o que faz mesmo uma cidade são as pessoas que vivem nela, é a sua cultura. E não falo apenas do folclore, das tradições, mas também do cotidiano de uma localidade, de suas esquisitices, peculiaridades e costumes.
Foi pensando em retratar esse lado da cidade de Curitiba que Cecília Arbolave e João Varella iniciaram o projeto “Curitibocas – Diálogos Urbanos”.

Curitibocas (que parece uma mistura de curitibanos com cariocas) é um nome carinhoso usado para designar os curitibanos. Pode ser encontrado, inclusive, em obras de Dalton Trevisan, renomado escritor “curitiboca”. E foi esse o nome escolhido pela argentina e pelo gaúcho como título do agora livro “Curitibocas”.

O livro traz a história de 17 personalidades curitibanas, desde músicos de rua a professores universitários, passando por uma freira, um pipoqueiro e diversos artístas plásticos. É uma história que pretende mostrar que Curitiba é muito mais do que a Europa brasileira, do que uma cidade modelo para o Brasil. Curitiba é, também, lar de gênios urbanos com as mais diferentes peculiaridades.

Outro fato curioso é que o livro foi sendo editado e organizado via internet pela dupla de autores, que estavam separados por 1790 quilômetros, e eles foram comentando o processo de montagem no “blog do Curitibocas“. Assim, todo o processo de busca de editora, de comunicação (que era feita via skype) e de produção pode ser visto no blog, bem como alguns trechos do livro, que eles ali publicaram.

” Curitibocas – Diálogos Urbanos” é uma ótima pedida para aqueles que desejam conhecer um pouco mais da cultura curitibana – ou curitiboca. Se estiver em Curitiba, não perca o lançamento, que acontecerá na Livraria Saraiva do Shopping Crystal.

E à Cecilia e ao João, parabéns pela iniciativa, e sucesso com a empreitada!

curitibocas Curitibocas – Diálogos Urbanos

João Varella
Cecilia Arbolave
Fotos por Bruna Bazzo
R$29,00
Editora Coração

Lançamento dia 7 de dezembro, as 19h
na Livraria Saraiva do Shopping Crystal

Sessão de autógrafos dia 14 de dezembro, as 19h30
na Livraria Curitiba

Anúncios

Uma opinião sobre “Curitibocas, veja Curitiba por um outro ângulo

  1. Na real, o termo ‘curitiboca’ não é carinhoso. Tudo o contrário. Tem uma conotação pejorativa na capital paranaense. O Dalton foi o primeiro em usar mas de modo negativo.

    Mesmo assim, nós usamos porque é também uma fusão entre Curitiba+bocas. Aliás, como é um livro de entrevistas, a idéia é conhecer a cidade pelos relatos dos seus principais representantes… Geramos polêmica entre alguns curitibanos que não gostaram do título, mas tudo bem =)

    Valeu pela divulgação!

Os comentários estão desativados.