Autodidatismo em belas letras estrangeiras

Via Hermenautas

Lembra daqueles cursos de idiomas da editora Globo, que eram vendidos por fascículos, e acompanhavamcursos globo idiomas uma in-crí-vel fita k7? Eu lembro de ter visto pessoas colecionando os fascículos, e na verdade me surpreendi ao procurar por esses cursos no Mercado Livre: o preço de venda pode ultrapassar a casa dos R$100. Com o tempo, cursos como esse pararam de ser lançados, mas podem ser encontrados agora em sebos e lojas de livros usados.

De qualquer maneira, sempre há gente querendo aprender e gente querendo ensinar. O site do canal alemão Deutsche Welle oferece uma variedade grande de notícias em alemão, tanto em áudio quanto em texto, além de oferecer um curso nos moldes do curso de idiomas da editora Globo, só que atualizado: em forma de podcasts.

O curso “Deutsche – warum nicht?” possui arquivos de áudio mp3, que podem ser escutados no computador ou num mp3player, e também têm arquivos pdf com uma espécie de “teoria” da aula em áudio. Depois do “Deutsche – warum nicht”, existem ainda mais dois níveis de aulas; esse tipo de iniciativa visa expandir o conhecimento do alemão de forma bastante autodidata.

Mas não precisa achar que é uma idéia mirabolante dos alemães para dominar o mundo. Porque se for, passaremos a culpar também outras tantas nacionalidades. Existe uma série de podcasts chamada “my daily phrase“, que ensina expressões básicas em idiomas como italiano, alemão e espanhol. Entretanto é um projeto que visa o público americano, portanto as “audio-aulas” são ministradas em inglês – inglês esse até fácil de entender, visto que não são americanos que fazem a locução.

Se você é do tipo que se interessa por outros idiomas, vale a pena dar uma “escutadinha”. No site Open Culture você pode encontrar links para podcasts e mini-cursos em diversos idiomas, como o espanhol, francês e alemão.

Anúncios