Cronicamente Viável

No dia 13 de março, me sentei confortavelmente numa banquetinha para assistir a um dos debates do ciclo proposto pelo Conicamente Viável. Transmitido pela TV UOL, o debate foi um sucesso de público: apenas online, quase 700 pessoas. E o debate em si foi bastante agradável, contando com a participação do auditório on e offline.

O Cronicamente Viável, ciclo de debates promovido pelo Centro Cultural Banco do Brasil, discutirá nesse ano a presença da internet em diversos meios e como isso afeta nossas vidas. Serão debatidos os impactos sociológicos, a questão de crimes virtuais, o jornalismo na internet e também a questão da necessidade de legislação no setor.

No primeiro debate do ano, estavam presentes o especialista em internet Demi Getschko e a escritora e psicanalista Betty Milan. Mediados por Marcelo Tas (público online) e por Marcelo Rubens Paiva (público ao vivo), os convidados abordaram temas importantes. Betty abordou a questão da velocidade e da alta quantidade de informações nos dias de hoje, dando a entender que teremos de aprender a desacelerar. Já Demi nos recorda que, antigamente, o inglês era o idioma mais utilizado na internet, e se julgava que, por isso, culturas menores seriam substituidas. Hoje, podemos ver que, na verdade, a internet ajuda a fazer subreviver algumas culturas locais, como o canto gregânico, citado por Demi.

Alguns outro trecho bastante interessante do debate foi a leitura da Declaração de Independência do CyberSpace, de John Perry Barlow.

Acredito que o Cronicamente Viável tem tudo para ser um ótimo ciclo de debates, gerando bastante discussão sobre o assunto, que é o que nós, da blogosfera brasileira, mais precisamos no momento.

Pra quem se interessar, estou disponibilizando uma agenda no Google Agenda, em XML , HTML e ICAL.

| Mais informações, no site do Cronicamente ViávelC Viavel

Anúncios

Uma opinião sobre “Cronicamente Viável

  1. Pingback: Os blogs como ferramentas de atualização « Pensamenteando

Os comentários estão desativados.