Google e seus passos para dominar o mundo: destruir a MS

Eu acredito mesmo que o Google vai dominar o mundo. O número de informações que ele detém e a quantidade de serviços “G” que utilizamos (Gtalk, Gmail, GCalendar, GDocs) faz com que estejamos cada vez mais amarrados ao “mundo google”.

E tem sempre uma nova: dessa vez é o Google Apps, um conjunto de aplicações fornecidas pelo Google para você usar no seu domínio. Claro que os alvos são as empresas. Segundo o TechCrunch, o serviço custará US$50 por ano, e terá o Gmail com 10GB de armazenamento, além do Google Docs, com o “Word e Excel” online. Há comentários de que não existem ferramentas de CRM ou aplicativos ao estilo “Power Point”. Mas, convenhamos, eles estão só começando.

Porque essa atitude é claramente uma afronta ao monopólio exercido pela Microsoft. As empresas precisam de programas como o Word, Excel, PowerPoint. E agora elas poderão usar esses mesmos aplicativos, online, por um custo muito menor. (Um Office Small Business na Amazon custa quase US$400) Uma ótima sacada do Google.

Um dia eu ainda vou trabalhar lá. =)
| Dica do TechCrunch

Anúncios

3 opiniões sobre “Google e seus passos para dominar o mundo: destruir a MS

  1. Oi, moça. Obrigado pelo comentário. Sempre você posta um comment bacana lá e eu não venho aqui. É falta de tempo mesmo, pardon moi.

    Incrível como essas coisas de tech lhe interessam, né? Seu caderno no jornal vai ser o Tecnologia, sem dúvida.

    E a facul? Começa quando?

    Abraço!

  2. Sim, eles vão dominar o mundo.
    Eu só queria que eles dominassem logo e lançassem um sistema operacional para dar o tiro de misericórdia na MS.
    Seria bom ter um Google System.
    Ou não?

  3. Google system? Que nada. O mundo daqui a algum tempo vai ser baseado em navegadores. você vai ligar o comp, que inicializará um sistema operacional simples, e logo vai abrir um navegador =)
    everything web-based.

    Eu não ia gostar, a princípio. Mas a idéia que eu tenho é que o google não quer estar na sua máquina, apenas. Ele quer estar na sua mente, na sua vida, no seu cotidiano.

Os comentários estão desativados.